Verdades que não libertam

Texto de: Paulo Franco Machado
Publicado em: 12 de julho de 2012
Postado em: Formação | Reflexões

Na palavra de Deus diz que, conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Grande verdade a respeito de Jesus que além de ser o caminho, Ele é a própria verdade.

Acontece que ao ler esta palavra nos incita na nossa limitada compreensão humana a simplesmente despejar fatos sem caridade alguma. A verdade de Jesus é de fato libertadora por que além dele mesmo ser a verdade, suas palavras vem carregadas de amor. O amor transforma as mais duras realidades em caminho de libertação, tirando as correntes da mentira mas, não para por ai. Aquele que está disposto a dizer a verdade, antes deve estar disposto a amar. Por que quem ama se compromete junto ao outro à conduzi-lo a uma estrada de liberdade.

Existe um tipo de verdade por assim dizer que não liberta, é a verdade sem caridade. Aquele que a recebe não torna-se livre pelo amor, mas escravo da culpa por uma verdade que soa como acusação. E uma vez assim, encontra mais um motivo para permanecer no erro.

Muitas são as causas para que nossa verdade não liberte, a principal delas é a falta de amor. Aquele que deseja corrigir deve antes amar, e para amar, deve tirar do peito toda mágoa, ódio e rancor do coração. Somente assim, estará livre para também libertar o irmão.

A palavra também que diz: cuida para que a luz que há em ti não sejam trevas, assim a verdade proclamada de fato será libertadora.

 

Escrito por: Paulo Franco Machado
Filho de Deus, casado com Christiane Faria, catequista, escritor. Gestor em Tecnologia da Informação com especialização em Gestão de Projetos. Atualmente é empresário e professor.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *