“Isaac disse ao seu pai: “Meu pai!”. “Que há, meu filho?” Isaac continuou: “Temos aqui o fogo e a lenha, mas onde está a ovelha para o holocausto?”. “Deus, respondeu-lhe Abraão, providenciará ele mesmo uma ovelha para o holocausto, meu filho.” E ambos, juntos, continua­ram o seu caminho.”  Gn 22, 7-8

Abraão acreditou e isto foi levado em conta de justiça!

“Foi pela sua fé que Abraão, submetido à prova, ofereceu Isaac, seu único filho, depois de ter recebido a promessa e ouvido as palavras: Uma posteridade com o teu nome te será dada em Isaac (Gn 21,12). Estava ciente de que Deus é poderoso até para ressuscitar alguém dentre os mortos. Assim, ele conseguiu que seu filho lhe fosse devolvido. E isso é um ensinamento para nós!”  Hb 11, 17-19

É por isto que nos impossíveis de nossa vida, mais do que nunca, é preciso elevar nosso clamor a Deus e nunca perder a fé! “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, pois para se achegar a ele é necessário que se creia primeiro que ele existe e que recompensa os que o procuram.” Hb 11,6

Nossa Senhora, Nossa Mãe é invocada sob o título de Mãe da Providência. E assim cremos: Ela tudo provê para seus filhos, que a Ela invocam com fé. Sem fé e sacrifício não se conquista nada! Não é nossa força, é a certeza de nossa fraqueza unida a fé no Deus que tudo pode.

Maria providenciou nas bodas em Caná e certamente proverá em sua vida, se invocar a Santa Mãe com respeito, carinho e amor.

Aprenda a rezar o Terço da Divina Providência

Segurando na Cruz do Terço, reze

Credo Apostólico (A oração do Creio)

Nas contas grandes, reze

“Mãe da Divina Providência, providenciai!”

Nas contas pequenas, reze:

“Deus provê, Deus proverá, sua Misericórdia não faltará!”

No final do terço, reze:

“Vinde Maria, chegou o momento. Valei-nos agora e em todo o tormento. Mãe da Providência, prestai-nos auxílio no sofrimento da terra e no exílio. Mostrai que sois Mãe de amor e de bondade, agora que é grande a necessidade. Amém!”

 

No Colo de Maria