Tem certeza disso?

Texto de: Paulo Franco Machado
Publicado em: 14 de dezembro de 2010
Postado em: Formação | Reflexões

Quantas vezes em nossa vida temos certeza de algo e não aceitamos ser questionados. “Tenho certeza e pronto! Ninguém vai mudar minha opinião!”. Muito cuidado com este tipo de atitude, por que não existe certeza  que não passe pela dúvida. O próprio Jesus foi tentado pelo demônio, e Ele que é a própria verdade aceitou  ser questionado, por que nós meros humanos achamos que somos suficientemente bons para não sermos  questionados? No momento que sou “colocado na parede” preciso olhar para mim e com a força do Espírito Santo perguntar: Será que não estou errado? Ai descobrirei um verdadeiro tesouro! Quando me questiono só tenho a ganhar, por que naquele momento poderão acontecer duas coisas: Ou terei certeza de que estou no caminho certo e assim vou prosseguir, ou vou descobrir que existe algo em mim que pode ser mudado! Enfrentar os outros é fácil, defender nossas posições, até mesmo ofendendo o próximo para que nossa posição prevaleça. Difícil é enfrentar a si mesmo.

Quando vamos fazer um vestibular, passamos por diversos simulados não é verdade? Mas o que é o simulado senão um questionamento se a pessoa está realmente apta para realizar a prova definitiva? E um simulado após o outro, vamos experimentando nossos conhecimentos e vendo que não estávamos tão preparados assim…

Considero ignorância da parte de quem estuda para um vestibular e não tem coragem de fazer um simulado. Seja autoconfiança ou mesmo medo de enxergar a verdade sobre seus esforços. É preciso buscar a verdade sobre nós  mesmos. Quem sabe onde quer chegar, aprende a reconhecer os próprios erros para não se perder no caminho.

Quem fecha seu coração para o questionamento não é pleno em nada que faz. Tem pessoas que não suportam ser questionadas. Neste momento que fecho meu coração para ser questionado, me fecho para a verdade.  Quando a certeza passou antes pela dúvida ela me trás segurança. É como comprar um carro usado sem pedir ajuda de quem entende. Olho por fora, tá limpinho, tem um som bacana, dou uma voltinha e parece estar tudo em ordem. Mas duas semanas depois que comprei o carro ele funde o motor. Tudo isto por não admitir que não sei o suficiente sobre carro usado. Depois ainda coloca a culpa no vendedor. Aquele que não tem certeza do que faz vive se justificando.

Abra seu coração para o próximo, não viva na defensiva como se todo mundo tivesse que “engolir” sua verdade. Abra-se para o questionamento, te trará mais certeza sobre o que está fazendo. Entenda, sempre podemos aprender um pouco mais do que sabemos. Quem aprende a ouvir, cresce em tudo que faz.

Deus os abençoe!

Paulo Franco Machado

 

Escrito por: Paulo Franco Machado
Filho de Deus, casado com Christiane Faria, catequista, escritor. Gestor em Tecnologia da Informação com especialização em Gestão de Projetos. Atualmente é empresário e professor.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: