A vida não tem ctrl+z. Este é um fato que às vezes nos assusta, temos sempre a tendência de querer transformar nossa realidade, mudar os fatos, o curso de nossas vidas e tudo isto é importante, porém existem coisas que não tem como voltar atrás e por mais que nos esforçamos, não tem como mudar o passado.

O passado é uma palavra que por vezes assusta, pois foge ao nosso domínio. Para ficar mais fácil de entender vou citar um exemplo. Imaginemos que uma pessoa tenha sido vítima de estupro. É uma experiência traumática muito forte e uma dor terrível. Pensando na melhor das hipóteses, ela não engravidou e nem contraiu nenhuma doença, e dali reergueu sua vida e prosseguiu, casou-se e teve filhos. Porém não é possível mudar o fato de que o estupro aconteceu, e não a nada que se possa fazer que vá mudar o fato acontecido.

Deus em sua infinita misericórdia sempre pode trazer uma nova vida, uma nova história, um novo começo. Desta maneira para que esta pessoa pudesse prosseguir sua vida, se casar e ter filhos foi necessário uma palavra: ACEITAÇÃO. Em Deus temos a força de transformar nossa vida e torna-la muito mais belo que tudo que já vivemos. Porém para o passado, cabe apenas entregar a Jesus, lá no pé da cruz que é o lugar do teu passado e uma vez entregue para Jesus, a nós cabe aceitá-lo.

Há quantos pecadores Jesus perdoou e a nós também quer perdoar e dar um novo rumo, nova vida. Como Jesus disse aquela mulher em flagrante adultério: Nem eu te condeno, vai e não tornes a pecar. Assim também Jesus quer dizer a ti, entrega seu passado aqui para mim, vai e não tornes a pecar, me dá o seu passado que te entrego uma vida nova. Aceitar o passado faz parte da experiência daquele que sentiu o perdão de Deus, acolheu e se decidiu por uma vida nova.

Lembre-se sempre: aquele que não aceita seu passado, não dá chance de ter um futuro. Não se prenda ao passado. Se algo o incomoda em seu passado o melhor lugar para encerrá-lo é em um confessionário. Reconcilie-se com seu passado e tenha em Cristo uma vida nova.