O silêncio é como uma vassoura, que varre os maus pensamentos e inclinações da nossa mente. Não aquele silêncio omisso, de quem se cala diante do mal, não este. Mas sim aquele silêncio que vem da sabedoria, do saber quando se deve calar.

Em determinadas situações nos custa muito fazer silêncio. A vontade de falar, de revidar é tão grande que é preciso fazer violência contra nossa vontade para não dizer aquela palavra maldita. Silêncio é como vacina, nos previne de muitas doenças espirituais! Saber calar na hora certa e não dizer algo que te fará arrepender pelo resto da vida é grande sabedoria!

Tem outro silêncio muito importante também, aquele que nos leva ao encontro da nossa verdade. Tem gente que não para de falar para se esconder de si mesmo, esconder dos seus defeitos e da sua história. É um falatório que não tem fim! Coloca a música bem alta para “se divertir” mas na verdade é para calar a voz da consciência. Se enche de barulho com medo do silêncio.

Procure em sua vida fazer momentos de silêncio, especialmente diante do Santíssimo Sacramento.

Você tem medo de fazer silêncio? Pode ser que tenha coisas em você que esteja fugindo! Com Cristo podemos enfrentar o que há em nós. Silêncio é uma prática fantástica, sabedoria e força, traz paz e comunhão com Deus!

Vá ao encontro de Jesus Sacramentado e deixe-o agir no silêncio do seu coração.

No Colo de Maria

Compartilhe