A mulher que ora

A mulher sábia edifica a sua casa

A mulher que ora enfrenta as dificuldades

De cabeça erguida

E com o coração manso e humilde.

 

A mulher que ora, se dobra diante do Rei

E se coloca miserável aos pés de Jesus

Sabendo que é fraca,

Mas e na fraqueza que ela é forte,

Pois em sua fraqueza Deus age.

 

Esse Deus que é o bom pastor

Carrega-a em seus braços

Cura as suas feridas

Coloca-a de pé

E da força pra lutar.

 

A mulher que ora,

Não tem outra fonte senão Deus.

Mesmo que seus passos vacilem,

Sempre retornará ao seu Senhor

Pois sabe onde reavivar as suas forças.

 

A mulher que ora,

Experimenta do amor de Deus

E todos os dias tem sede e fome desse amor

Aprende a depender dEle, e se acaso ela afastasse desse Amor

Não resistiria…

Pois ela bem sabe que lhe faltaria vida.

 

A mulher que ora,

É feliz mesmo na dor

Pois seu coração tem um trono

Nesse trono há um Rei

E esse Rei tem um nome que é sinônimo de Amor

Quem tem amor tem felicidade.

 

É assim a mulher que ora

É um pedacinho da Mãe de Deus

É um décimo da Virgem Maria

Deixa-se cuidar por Deus e lhe é submissa em todas as coisas.

 

1 Comment

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: